Associação Castelos do Sal quer ajudar crianças vulneráveis

Fonte: Inforpress, noticia datada de 12 de Fevereiro de 2012, 06:06, “Nós queremos prevenir comportamentos de risco e permitir que as crianças tenham um espaço onde possam estar, um espaço seguro e confortável."

Cidade dos Espargos, 12 Fev (Inforpress) - A Associação Castelos do Sal, fundada há 10 meses no Sal para promover os direitos da criança, arranca com as actividades e quer ajudar as crianças vulneráveis a construírem sua própria “fortaleza” de vida. Segundo Vânia Mateus, uma das fundadoras da Associação, a Castelos do Sal, criada por um grupo de voluntários que antes trabalharam com crianças do projecto “Nos Kasa”, na cidade de Santa Maria, quer contribuir para que todas as crianças da localidade de Santa Maria especialmente possam “construir o seu castelo”. A Associação pretende também desenvolver novos projectos junto de grupos vulneráveis da ilha por serem os que mais precisam de apoios, disse. De entre as acções previstas pela Associação, informou Vânia Mateus, está a implementação do Programa de Desenvolvimento Sustentável - sensibilização da sociedade civil para a importância/responsabilidade de contribuir de forma activa para o desenvolvimento local sustentável. Uma outra iniciativa vai ser o projecto “Reino da Brincadeira” que vai trabalhar para a prevenção de comportamentos de risco junto de crianças em situação de vulnerabilidade e que apresentam problemas, tendo como objectivo o desenvolvimento de competências pessoais e sociais, explicou. Actividades de Tempos Livres (ATL) vão ser desenvolvidas para a promoção da ocupação de tempos livres de forma saudável, através de actividades culturais e desportivas, afirmou a activista. Na vertente voluntariado, confirmou que a Associação a promoção da cidadania activa, da solidariedade e da co-responsabilidade figuram igualmente do plano de acção para o presente ano.

“Nós queremos prevenir comportamentos de risco e permitir que as crianças tenham um espaço onde possam estar, um espaço seguro e confortável e onde tenham alguém sempre a olhar por elas e a ensinar-lhes coisas para que possam crescer de forma saudável, mais seguras e confiantes”, disse Vânia Mateus. É que Castelos do Sal é resultado de um trabalho conjunto, de parcerias e de muita a gente que se juntou para ajudar crianças vulneráveis, afiançou a activista. Castelos do Sal é a mais nova associação da ilha na área da infância e foi criada em Maio de 2011, tendo como missão promover os direitos das crianças e satisfazer as necessidades básicas dos seus beneficiários em termos de alimentação, saúde, higiene e preveção de comportamentos de risco. Na sua missão, prevê também investir na promoção de competências pessoais, sociais e educacionais de modo a contribuir para um desenvolvimento comunitário e local sustentável. Com sede própria na antiga Delegação Municipal de Santa Maria, espaço cedido pela Câmara Municipal do Sal, inicialmente, Castelos do Sal vai acolher 60 crianças.

SC
Fonte: Inforpress/Fim
Link: http://noticias.sapo.cv/inforpress/artigo/146840.html